Última atualização em quinta-feira, 03 set 2020 – 07:44 hrs

Covid19 – Glossário

Devido ao estado de pandemia do Coronavírus , a Prefeitura Municipal de Aracaju, está criando um espaço específico para a transparência dos assuntos relativos ao enfrentamento ao Coronavírus .

  • O novo Coronavírus mudou o comportamento e a rotina da população e também inseriu novas palavras em nosso vocabulário. Confira!

Aquela pessoa que não apresenta sinais ou sintomas de doença pelo novo Coronavírus. Não se sabe se estas pessoas podem, em algum momento, serem transmissoras do vírus. Os sintomas mais frequentes da Covid-19 são: febre (a partir de 37,8ºC), tosse seca e, em casos mais graves, falta de ar.

A prática de alguém doente se separar espontaneamente daqueles que estão saudáveis, a fim de prevenir a disseminação da doença. Algumas estratégias incluem limitar-se a um único quarto/banheiro durante o período de recuperação e não sair em público até que o perigo de transmissão tenha passado.

 

 

Indivíduo com confirmação laboratorial para COVID-19, independente de sinais e sintomas.

 

 

 

Caso suspeito com resultado laboratorial negativo para 2019-nCoV ou confirmação laboratorial para outro agente etiológico ou caso que não preencha os critérios de definição de caso suspeito.

 

 

 

 

Refere-se a todos os casos de Síndrome Gripal (SG) e Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), como provável infecção pelo novo Coronavírus.

 

 

 

 

Doença causada pelo coronavírus SARS-CoV-2, que apresenta um quadro clínico que varia de infecções assintomáticas a quadros respiratórios graves. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a maioria dos pacientes com COVID-19 (cerca de 80%) podem ser assintomáticos e cerca de 20% dos casos podem requerer atendimento hospitalar por apresentarem dificuldade respiratória e desses casos aproximadamente 5% podem necessitar de suporte para o tratamento de insuficiência respiratória (suporte ventilatório).

 

 

 

 

 

 

Um grupo de vírus capaz de causar doenças em humanos e animais. O novo Coronavírus, conhecido como SARS-CoV2, causa a doença Covid-19.

 

 

 

 

 

 

 

Recomendações a fim de reduzir a propagação da COVID-19, como manter pelo menos um metro de distância das pessoas e evitar aglomerações

 

 

 

 

 

 

 

 

Equipamento de proteção individual que é usado para diminuir a exposição a riscos que podem causar doenças ou ferimentos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Situação anormal que pode ser decretado nas esferas municipais, estaduais e federal, desencadeado por algum desastre que afeta uma região comprometendo seu poder de resposta. Neste estado, o governo pode fazer compras emergenciais sem a realização de licitações para custear ações rápidas de combate ao problema e pode aumentar os gastos com contratação de força de trabalho.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pessoas com maior chance de terem quadros graves, caso adquiram a doença. São aqueles portadores de doenças crônicas (como problemas cardíacos, diabetes, insuficiência renal, doenças pulmonares e pacientes imunossuprimidos, como os oncológicos).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ação de afastamento dos indivíduos infectados por uma doença até a recuperação, com o objetivo de impedir a transmissão para indivíduos saudáveis.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Termo em inglês que caracteriza o grau mais extremo do distanciamento social. É uma medida imposta para que as pessoas cumpram de fato o período de isolamento social. Todas as atividades são paralisadas, com exceção daquelas consideradas essenciais. As pessoas que desrespeitam as regras impostas pelo lockdown podem sofrer uma série de punições.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

É a disseminação mundial de uma nova doença.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O tempo necessário para uma pessoa começar a mostrar sintomas da doença após ser exposta ao novo Coronavírus. No caso da Covid-19, acredita-se que esse tempo pode demorar, em média, entre 1a 14 dias para aparecer, de acordo com a OMS.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Ação de isolamento de indivíduos sem sintomas, pelo período máximo de incubação da doença, o qual é contado a partir da data do último contato com uma pessoa doente ou desde que o indivíduo saiu de uma área considerada de alto risco de infecção. No caso da COVID-19, o período de incubação é de 14 dias.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Nome oficial do vírus que causa a Covid-19 (o novo Coronavírus, chamado inicialmente de n-Cov).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Casos repentinos de uma determinada doença, em uma área geográfica relativamente controlada, como foi o caso da Covid-19 no começo de janeiro de 2020, quando afetava somente a cidade de Wuhan, na China.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Número de casos confirmados de COVID-19 para cada 100 mil habitantes.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Número de óbitos confirmados de COVID-19 para cada 100 mil habitantes em determinado espaço geográfico, no ano considerado.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Taxa básica de capacidade de disseminação entre pessoas de um vírus. No caso do SARS-CoV-2, o número é de 2 a 3, ou seja, um portador da doença pode transmitir para mais 2 a 3 pessoas.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tipo de teste molecular realizado a partir de uma amostra biológica, em laboratório, que pode detectar presença de material genético do SARS-CoV-2. É o teste atualmente utilizado para confirmação laboratorial da Covid-19.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Momento em que há ampla circulação do vírus na comunidade, ou seja, que já não é mais possível saber quem foi a fonte da contaminação.